SIGA-NOS NA PÁGINA DE FÃS FAÇA GOSTO

ACHOU O SITE INTERESSANTE?FAÇA G+1

Marque Consulta

Psicoterapia Lisboa

Ligue
914375055
ou Preencha o Formulário



Valores Consulta Psicologia e Psicoterapia

Psicoterapia Individual Adultos:

€40 das 10h às 19h
€45 das 19h às 22h

Terapia de Casal

€70/90 minutos das 10h às 19h
€80/90 minutos das 19h às 22h


Dificuldades na Escola

Entrar na Escola

Principais Características

A entrada da criança na escola é um processo que requer adaptação, tanto da criança como dos pais, pelo que toda a família necessita de algum tempo para assimilar a nova fase de vida.

Grande parte do êxito da adaptação, depende dos pais e do relacionamento que estabelecem com a escola. É fundamental que se estabeleça uma relação de confiança entre a família e a escola para que a criança se sinta segura.

Os pais devem esclarecer as suas dúvidas e conversar sobre aquilo que os incomoda no processo de adaptação dos seus filhos, tanto com os professores, como com os outros pais.

É importante que os pais compreendam que a entrada na escola e as primeiras separações do contexto familiar fazem parte do crescimento da criança e que muitas vezes não são isentas de sofrimento.

Ao entrar na escola, a criança afasta-se do convívio familiar para entrar num ambiente desconhecido, com pessoas novas, onde tem de criar novas relações afectivas. Muitas vezes questionam sobre o porquê de ir à escola e têm receio dos pais não as irem buscar.

Estratégias de Promoção para uma Adaptação Saudável à Escola

  • Matricule o seu filho no início do ano, para que existam mais crianças nas mesmas circunstâncias.
  • Deixe a criança levar algum objecto de casa. É uma forma de manter o vínculo com a família.
  • Não pergunte à criança se ela quer ir à escola, pois esta não tem capacidade de decisão.
  • Evite colocar o seu filho na escola pela primeira vez em períodos de mudança como por exemplo após o nascimento de um irmão.

O período de adaptação à escola pode variar de criança para criança. As crianças mais tímidas e as com menos de três anos podem necessitar de um maior tempo de adaptação, e podem ocorrer retrocessos na adaptação em qualquer criança.

Algumas vezes surgem comportamentos regressivos, como chupar no dedo ou urinar na cama. Agressividade, choros frequentes e tristeza também podem ser notados em alguns casos.

É de grande importância que os pais procurem informar-se precocemente sobre o comportamento da criança na esscola. Caso estes comportamentos persistam devem procurar apoio psicoterapêutico.